Dicas de Saúde

Triglicerídeos e Colesterol




Colesterol

O colesterol é um tipo de gordura, sintetizada principalmente pelo fígado, que circula no sangue.

Trata-se de um elemento importante para o organismo, pois é utilizado na formação de membranas celulares, na produção de hormônios e de vitamina D, entre outras funções.

Entretanto, quanto maior a concentração de colesterol no sangue, maior será sua deposição nas paredes dos vasos sangüíneos, levando à formação de placas gordurosas e à obstrução das artérias, o que pode ocasionar ataque cardíaco e derrame. Logo, o seu controle é fundamental.


Triglicerídeos
São moléculas com papel energético, para a utilização imediata ou após armazenagem. Os valores de triglicerídeos variam muito com a dieta e o exercício físico.

O consumo excessivo de doces, massas, pão branco e álcool pode provocar o aumento de triglicerídeos no sangue. Seu aumento, junto com a redução do colesterol HDL, eleva o risco para doenças do coração.


Níveis ideais: abaixo de 200.
Níveis perigosos: acima de 200.
Níveis indicados para pessoas de alto risco para doença do coração: abaixo de 170.


Colesterol total
É a medida do nível total de colesterol no sangue.

 

 

HDL ou colesterol bom
Quando o colesterol se combina com uma proteína de alta densidade, forma-se o HDL.
Esse colesterol é bom porque funciona como um "gari", que elimina o excesso de gordura depositada nas artérias. Portanto, quanto maior o seu nível, mais se evita a obstrução das artérias.

Níveis ideais:
Homens - acima de 40.
Mulheres - acima de 45.


LDL ou colesterol mau
Quando o colesterol se combina com uma proteína de baixa densidade, forma-se o LDL. Esse tipo de colesterol é mau porque transporta o colesterol para os tecidos, provocando a aterosclerose e suas conseqüências.

 

Níveis perigosos: acima de 160.
Limítrofes: entre 130 e 159.
Níveis indicados para pessoas de alto risco para doença do coração: abaixo de 100.

 

 

Como saber se os níveis de colesterol no sangue estão elevados?
Níveis altos de colesterol e triglicerídeos não provocam nenhum sintoma aparente, até causar um ataque cardíaco ou um derrame. Por isso, somente com o exame de sangue, o médico poderá conhecer o verdadeiro estado do paciente e avaliar se existe perigo para a sua saúde.

 

 

O nível de colesterol tem alguma relação com a pressão alta?
Sim. A chance de haver níveis de colesterol elevados é maior em quem tem pressão alta. Por isso, quem tem pressão alta deve ficar atento, a fim de impedir que suas taxas de colesterol disparem. Vale lembrar que a pressão alta e o colesterol são os principais causadores de ataque cardíaco.

 

 

O que uma pessoa com níveis de colesterol acima dos padrões normais deve fazer?

 

 


[ voltar ]